NINGUÉM É TÃO BOM



Texto Base: João 13:16

“Não é o servo maior que o seu senhor, nem o enviado, maior do que aquele que o enviou” (Jo 13:16)

“Aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço e as fará maiores do que estas” (Jo 4:12)

INTRODUÇÃO

Ao lermos as palavras ditas por Jesus somos tentados a pensar que ninguém poderá fazer obras maiores que as operadas por Ele mas, observando cuidadosamente a história da humanidade, depois da partida do mestre encontraremos fatos bem interessantes: Os evangelistas famosos da atualidade como Billy Grham ministram para multidões maiores que as multidões que apertavam Jesus em seu tempo. Os mestres das escolas bíblicas internacionais ministram para milhares de pessoas enquanto Jesus tinha na sua escola apenas 12 alunos. Os conferencistas internacionais viajam por muitos países do mundo e trazem este currículo como um grande trofeu, enquanto Jesus talvez, não tenha viajado mais de 300 km em toda sua vida, dado o tipo de transporte utilizado na época. Os escritores famosos hoje são lidos por pessoas dos quatro cantos da terra, Jesus sequer tinha um escritório para atender as pessoas, as lonas azuis do céu compunham a arquitetura de sua oficina. Os “fazedores de milagres” da atualidade, como Smith Wigglesworth, segundo relatos já ressuscitou 21 pessoas e Jesus em seu ministério apenas 2 pessoas. Ao fim da vida Jesus foi brutalmente assassinado pelos nossos pecados, enquanto os líderes religiosos contemporâneos tem uma passagem honrosa deste para o outro mundo, na maioria das vezes. Só tem um detalhe…. Nada disso que fora mencionado anteriormente nos faz maiores que Jesus. Ele ainda é o Rei. Não podemos permitir que os sinais, o talento, a resposta das pessoas, nem mesmo os aplausos nos façam esquecer quem somos. Ainda somos nós! e Ele é ELE.

Não podemos nos tornar tão bons que nos esqueçamos quem somos e de quem dependemos. Não podemos nos tornar tão bons que os lugares comuns não nos caibam mais. Não podemos nos tornar tão bons que amadureçamos tanto que cheguemos ao ponto de apodrecermos. Não podemos nos tornar tão bons a ponto de sermos bons demais para os outros. Lúcifer sentiu-se bom demais. Toda impressão de talento exacerbado não vem de Deus e sim do adversário. Em Ezequiel 28.14 , temos a posição elevando e honrada do antigo querubim ungido.


0 visualização
LOCALIZAÇÃO

Av. Venâncio Pereira dos Santos, 1652 - Bairro Cristina B - Santa Luzia - MG. CEP: 33145-670

© 2016 - Desenvolvido por AAM Serviços Teconlógicos - Todos os Direitos Reservados